Um pouco sobre mim

By | Setembro 27, 2013

Muitos devem perguntar, mas afinal que blog é este, para que serve e qual o objectivo. Antes de mais dou-me a conhecer.

Sou o Flávio Rodrigues, conto actualmente com 24 anos e sou do norte do pais. Vou retroceder ate a minha infância para me conhecerem um pouco melhor.

Desde pequeno sempre tive alguns problemas de visão, sempre me recordo de utilizar óculos logo desde a primaria.

Tinha miopia, estigmatismo e um pouco de estrabismo. No entanto sempre fazia a minha vida normal, usava óculos que me permitiam ver como qualquer outra pessoa. Tinha consultas oftalmológicas de rotina anualmente para checkup das lentes dos óculos.

Com os meus 12 anos o meu oftalmologista que me seguia desde pequeno recomendou ser operado ao estrabismo, seria uma pequena cirurgia que prometia resolver o problema que sempre tive de estrabismo. Assim os meus pais também acharam que seria o melhor para mim e no dia 10 de Setembro de 2001 (1 dia antes de cair as torres gémeas) dei entrada no bloco operatório. A cirurgia correu bem, a recuperação foi bem complicada, sendo que passei uma semana basicamente de cama. Melhorei do estrabismo, mas honestamente não ficou completamente resolvido. Se fosse hoje não a faria pois fico com a ideia que pouco resolveu e quem sabe não terá ainda feito pior ao meu problema actual na corneá.

Foi feita no privado e lembro me alem de mais do grande custo que a mesma teve. Felizmente foi um pouco comparticipada pela ADSE.

Continuando…

Foi assim ate aproximadamente os meus 17 anos, estudava no 11º ano e tinha aulas de informática na mesma sala onde também tinha aulas quando estudava no 10º ano. O mais curioso ainda é que durante o 11º ano nessa sala ficava situado basicamente no mesmo sitio que no ano anterior.

A diferença é que enquanto estudava no 10º ano desse lugar via perfeitamente com óculos para o quadro. No 11º ano desse mesmo lugar com óculos não conseguia ver nem uma letra. Ao acontecer essa perca de visão (que não é de um momento para o outro, mas sim algo que acontece aos poucos e nos nem sempre nota-mos com antecedência que algo de estranho se passa) que resolvi marcar uma consulta no meu medico onde eu era visto anualmente. Devia estar também a fazer um ano que não era visto pelo oftalmologista.

Nessa consulta o medico voltou a receitar-me maior graduação e diz que esta tudo bem, ao qual visto ser o meu medico, acreditei. Fui como costume com a receita das novas lentes a óptica que costumava ir para proceder a troca das lentes nos óculos.

Nisto nunca me esqueço das palavras do optometrista: “Algo de estranho se passa aqui, tenho aqui o registo desde que usa óculos e esta graduação não faz sentido, é muito superior aos habituais valores que teve, quer a minha opinião? – Consulte outro oftalmologista por via das duvidas”.

Eu e os meus pais ficamos espantados e seguimos naquele dia não trocar as lentes e seguir o conselho dele. Vimos que algo de estranho se estava a passar.

A partir daqui acreditem que a minha vida deu uma grande volta.

Este Blog vai conter vários artigos reais escritos por mim onde vos vou contar desde o diagnostico ate alguns tratamentos que fui fazendo e acima de tudo como vivo no presente com ceratocone.

Actualmente já tenho uns bons anos desta chata doença. Já fui operado varias vezes, fui transplantado num dos olhos e aguardo o transplante no outro. Em poucos anos a minha vida deu grandes voltas e acreditem que vão perceber isso nos vários artigos que vou escrevendo.

Estou ainda disponível para tirar duvidas, comentem que de certo vos respondo e podemos ajudar-nos uns aos outros.

 

 

 

 

Leave a Reply

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.