O dia em que aprendi uma nova palavra: Ceratocone

By | Setembro 28, 2013

Como descobri que tinha ceratocone:

Como vos falei no artigo anterior, marquei consulta no hospital da Arrábida para ser visto por outro medico oftalmologista.

Lembro me que ainda estive algum tempo a espera da consulta, dado o difícil agendamento e cada vez notava que estava a ver pior. La chegou o dia da consulta, os meus pais vieram me buscar a escola que ficava a caminho e na viagem para essa consulta lembro de mal conseguir ler os painéis informativos azuis das auto estradas.

Lá chegamos e fui atendido. O medico Dr. Ramiro Salgado salvo erro, esteve me a ver e disse que desconfiava que eu tinha ceratocone. Claro que nem eu nem os meus pais fazíamos a mínima ideia do que era essa palavra. No entanto o medico disse que me queria submeter a um exame para tirar todas as certezas.

Esse exame é conhecido por topografia corneana. Somos colocados numa maquina que em 5 minutos nos faz uma imagem computorizada do nosso olho. É objectivo perceberem se existe irregularidades na corneá, permite assim diagnosticarem doenças tais como o ceratocone. Deixo este video que explica um pouco.

Sei que de tão avançado que ja estava no olho esquerdo, o exame ate dava erro. Tive que o repetir dezenas de vezes para a maquina conseguir fazer o mesmo.

Infelizmente recebi nesse momento a confirmação:  – O Flávio tem ceratocone. Tem que ser operado com urgência.

É nesta altura que nos passa todas as duvidas pela cabeça: Ficarei cego?, Ficarei bem? Ser operado agora com aulas a decorrer? O que será o meu futuro especialmente que sempre quis seguir informática. Muitas duvidas e questões, mas naquele momento só queria resolver o problema.

O meu ceratocone estava já bem avançado, via igual com ou sem oculos. Valores como: 20% olho esquerdo e uns 40% olho direito

O medico disse que recomendava travar a doença, implementando os aneis de ferrara. No mesmo dia ficou marcada a cirurgia, Devo ter tido a consulta em Março de 2007. Tinha cirurgia marcada para inicio de Agosto desse mesmo ano.

Não se sabe o futuro mas penso que aqui voltei a errar em não ter pedido mais opiniões antes de avançar com esta cirurgia. Na minha opinião agora nunca devemos seguir logo a opinião de um só medico. Especialmente depois do anterior que me seguia desde pequeno não me ter diagnosticado ceratocone.

Fiquei assim nessa altura com cirurgia de implementação dos aneis de ferrara marcada.

Continua no próximo artigo.

 

Deixar uma resposta