Ceratocone / Queratocone / keratoconus – As palavras que continuaram bem comigo em 2011

By | Outubro 3, 2013

ceratocone

Hoje vou explicar um dos passos para descobri que sofria de Queratocone:

Estávamos em 2011, tinha acabado de recuperar de mais uma conjuntivite e tinha o segundo semestre do curso de engenharia informática bem a porta.

O medico onde estava a ser visto nesta altura (clínica ribeiro barraquer), bem me avisava para não ultrapassar as 10 horas de uso das lentes de contacto pois o risco de piorar era bem maior.

Assim tive que fazer o que o medico recomendava e a minha vida começou a ser Casa > Trabalho > Casa, pois sem lentes não consigo conduzir e mesmo reconhecer pessoas as vezes é complicado, quem sofre de ceratocone sabe bem do que falo!

Comecei também cada vez mais a ter os olhos secos o que tornava o uso das lentes de contacto mesmo usando o método piggyback cada vez mais doloroso. Passava os dias a meter gotas de lágrima artificial (hyabak) para conseguir ir aguentando o trabalho. Chegava e ainda hoje chego a gastar facilmente 2 frascos por semana. Cada um custa aproximadamente 13€. Só sei que por mês gasto mais de 100€ em gotas, mas é para a minha saúde. Muita gente gasta bem mais do que isso com outras doenças ou vícios. Só não percebo é porque ate há pouco tempo estas gotas tinham iva a 23% e o porque de não serem comparticipadas pelo estado.

Com isto o ano foi passando ate que em Julho de 2011 me falaram de uma medica do centro cirúrgico de coimbra. Dra Andreia e assim optei por marcar uma consulta para ter também a opinião dela. Sabia que mais cedo ou mais tarde ia ter que ser transplantado e queria começar a ter varias opiniões.

Em Setembro de 2011 la fui a consulta, a opinião dela foi de me inscrever para cirurgia ao olho esquerdo, o tal que estava pior e que não conseguia ver melhor com as lentes de contacto.

Assim falei com ela e encaminhou-me para o hospital universitário de Coimbra onde ela faz parte da equipa de transplantes de corneá, essa equipa é constituída por ela, pela Dra. Maria João Quadrado e sei que também pelo Prof. Murta. Uma grande equipa que merece todo o meu respeito.

Após isso tive mais uma consulta no hospital universitário de Coimbra onde fiz novamente uma topografia da corneá e fiquei inscrito para ser operado. Fiquei assim em lista de espera. Estávamos em Dezembro de 2011.

Cada vez mais me via próximo de resolver este problema. Veremos no próximo artigo como correu 2012.

 

 

 

 

 

One thought on “Ceratocone / Queratocone / keratoconus – As palavras que continuaram bem comigo em 2011

  1. Pauliran Resende

    querop saber se comprar a furadeira 1010 estarei sujeito ao agendamento para 29.10.14, a partir dai mais oito dias para entrega do produto ou se aguardo apenas 8 dias.

    Reply

Deixar uma resposta